Visualizar projeto

Dados Básicos
Título
A experiência de uma morte parental em famílias com crianças
Número do projeto
055197
Número do processo
23081.063929/2020-44
Classificação principal
Pesquisa
Data inicial
01/07/2020
Data final
31/12/2022
Resumo
Este projeto tem como foco de estudo a experiência de famílias com crianças que vivenciaram a morte de um de seus pais. Sabe-se que uma morte rompe com o equilíbrio do sistema familiar, bem como, é um fator de desorganização psíquica que desencadeia um processo de luto. A figuras parentais na infância, com quem se cria laços afetivos significativos, são fortes referências no desenvolvimento do indivíduo. A morte do pai ou mãe de crianças desencadeia grandes desafios às famílias, as quais precisam reorganizar o sistema familiar em suas funções e papéis, ao mesmo tempo que vivenciam o período de luto.Considerando que as crenças que a criança constrói a respeito dos pais, família e sua história são importantes no seu desenvolvimento e suas relações, esse trabalho visa compreender, a partir de um olhar para a narrativa familiar, os significados atribuídos pela criança ao pai/mãe morto e à sua morte. Participarão deste estudo 4 famílias que contenham ao menos uma criança que tenha vivenciado a morte da mãe ou pai. A coleta de dados com os adultos ocorrerá por meio de: Ficha de Dados Sociodemográfico; Entrevista Narrativa; entrevista semiestruturada sobre a Morte Parental em Famílias com Crianças. As crianças participarão por meio da técnica Desenho da Família com Estória (DF-E). Os dados provenientes das entrevistas, bem como das verbalizações das crianças sobre seus desenhos serão analisados segundo a análise de conteúdo.
Objetivos
Compreender os significados atribuídos pela criança ao pai/mãe morto(a) e à sua morte; Identificar de que forma a mãe/pai morto(a) se mantém presente na vida da criança; Conhecer o significado atribuído pela criança às famílias e a ser pai e mãe; Entender como as experiências de vida e morte do pai/mãe falecidos incorporam-se às narrativas familiares; Entender como as narrativas familiares se relacionam com a construção de significados da criança acerca da(o) mãe/pai e de sua morte.
Justificativa
Segundo Leandro e Freitas (2015), a morte de alguém com quem se tem importantes laços afetivos é um dos acontecimentos mais desorganizadores para o psiquismo do ser humano. Contudo, apesar das dificuldades, trata-se de um processo que, na maioria das vezes, pode ser vivenciado pouco a pouco. A expectativa social é que a morte ocorra segundo ordens cronológicas, estando reservada à velhice, porém, a realidade não se apresenta dessa forma para muitas famílias. Em 2018, por exemplo, o número de óbitos de adultos entre 25 e 54 anos no Brasil foi de 1.283.496, havendo prevalência masculina acentuada por causas extremas (homicídios, suicídios, acidentes de trânsito, afogamentos, quedas acidentais, etc.) (INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA- IBGE, 2018). Em 2005, a Unicef (Fundo da Organização das Nações Unidas para a Infância) estimou que havia 3,7 milhões de crianças brasileiras que perderam o pai ou a mãe. Os dados mostraram ainda que a perda do pai era mais frequente que a da mãe, sendo que cerca de 3 milhões de crianças no país haviam sofrido a morte do pai. Entre os órfãos de ambos os pais, o número chegaria a 150 mil (CHADE, 2007). Estes dados são atravessados por diversos fatores como violência, vulnerabilidade social e questões raciais, ainda assim, confrontam o negacionismo da morte como possível aos mais jovens. Walsh e McGoldrick (1998) explicaram que essas mortes consideradas precoces tendem a ser mais difíceis para as famílias. A compreensão da morte e do luto em uma perspectiva sistêmica atenta às repercussões de um morte parental para o sistema familiar, incluindo os efeitos imediatos e de longo prazo sobre os pais, filhos, irmãos, a família extensa e todos envolvidos neste contexto familiar. Uma atenção especial deve ser direcionada às crianças, posto que as experiências vividas na infância ocupem um importante papel no desenvolvimento subsequente do indivíduo. A morte de um dos pais, segundo Leandro e Freitas (2015), se configura como uma das maiores crises que uma criança pode vivenciar, visto a dificuldade para aceitar a perda de um objeto de amor do qual ela ainda depende para sua sobrevivência, tanto física quanto emocional e psiquicamente. Conforme visto na revisão de literatura, autores como Fujisaka (2009), Luna (2019), Harris (1995) e White (2004) têm evidenciado a importância da permissão da reconstrução de um vínculo com o familiar que morreu e a integração deste, de uma nova forma, na vida que segue. É necessário atentar para esse fator no caso das crianças que perderam um dos pais, visto a importância que as figuras parentais ocupam na sua história e construção identitária dos sujeitos, afinal, como descreve Grandesso (2000, p. 249): “As experiências vividas, quando excluídas das narrativas pessoais, permanecendo não-historiadas, não só deixam de ser notadas e, portanto, de fazer diferença na vida da pessoa, como também permanecem fora da sua compreensão”. Conforme apresentado anteriormente, a criança experiencia o processo do luto e a significação da morte de seus pais junto das experiências da família na qual está inserida. Entretanto, estudos como de Lima e Kovács (2011) e Emer, Moreira e Haas (2016) demonstram que as famílias ainda apresentam muitas dúvidas e inseguranças em como manejar os temas de finitude, especialmente doença e morte, junto às crianças. No presente contexto de pandemia, atenta-se para a aproximação que muitas crianças estão tendo da doença e morte de familiares, carecendo de atenção especial àquelas que perdem os pais (AYDOGDU, 2020). Cabe salientar que o presente estudo surgiu a partir de um estudo pregresso com pais viúvos (RIGÃO, 2019), no qual a autora pôde aproximar-se da temática e identificar novas potencialidades de investigação. Essa experiência foi determinante para a percepção dos significados construídos pelos pais, e os desejos destes de promover um cuidado dos filhos em relação ao luto e os sentimentos evocados pelas lembranças das mães falecidas. Nesse aspecto, também evidenciou-se a grande dificuldade das famílias ao conduzir conversas sobre a morte com as crianças. Assim, este estudo vem dar continuidade a esse olhar para a família enlutada desenvolvido nessa trajetória.
Resultados esperados
Espera-se contribuir com a construção de conhecimento acerca das famílias em situação de luto e das significações das crianças que perderam os pais e mães. Os resultados podem vir a colaborar com a atuação da psicologia junto às famílias enlutadas.
Projeto em âmbito confidencial
Não
Projeto superior
-
Palavra-chave 1
Luto familiar
Palavra-chave 2
Luto infantil
Palavra-chave 3
Morte parental
Palavra-chave 4
Sistemas familiares
Tipo de evento
Não se aplica
Carga horária do curso
[Não informado]
Situação
Em andamento
Avaliação
Sem pendências de avaliação
Última avaliação
05/05/2021
Gestão do conhecimento e gestão financeira
O projeto pode gerar conhecimento passível de proteção?
Não
Propriedade Intelectual
[Não informado]
Proteção Especial
[Não informado]
Direito Autoral - Copyright
Não
O projeto contrata uma fundação? Indique a fundação
Não necessita contratar fundação
Classificações
Tipo
Classificação
Classificação CNPq
7.07.00.00-1 PSICOLOGIA
Grupo do CNPq
014 NÚCLEO DE ESTUDOS INTERDISCIPLINAR EM SAÚDE
Linha de pesquisa
06.44.00 Saúde, Desenvolvimento e Contextos Sociais
Quanto ao tipo de projeto de pesquisa
2.03 Projeto de Dissertação

Plano Gestão
Objetivo Estratégico
PDI 2016-2026 - Desafios
Inovação, geração de conhecimento e transferência de tecnologia
Participantes
Matrícula Nome Função Carga Horária Período
@{matricula} @{pessoa.nomePessoa} @{funcao.descricao} @{cargaHoraria} h/semana @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Órgãos
Unidade Função Período
@{descricao} @{funcao.descricao} @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Plano de Trabalho
Metas/Indicadores/Fases
  • Meta:
    Compreender os significados atribuídos pela criança ao pai/mãe morto e à sua morte
    Período:
    01/07/2020 a 31/12/2022
    Valor:
    R$ [Não informado]
    Conclusão:
    0 %
    • Indicador:
      Realização de entrevistas e instrumentos de coleta de dados com 4 famílias.
      Valor:
      [Não informado]
      Conclusão:
      0
    • Fase:
      Submissão ao comitê de ética em pesquisa
      Período:
      02/01/2021 a 30/04/2021
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Coleta dos dados
      Período:
      04/05/2021 a 28/02/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Discussão dos dados com a literatura
      Período:
      01/07/2021 a 01/06/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Transcrição dos Dados
      Período:
      01/06/2021 a 31/03/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Orientações e estudos em grupo
      Período:
      01/07/2020 a 31/12/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Produção de trabalhos e artigos
      Período:
      01/07/2020 a 31/12/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Análise dos dados
      Período:
      15/06/2021 a 31/07/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Participação em eventos
      Período:
      01/10/2020 a 31/12/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Revisão de literatura científica e leituras de materiais bibliográficos
      Período:
      01/07/2020 a 31/12/2022
      Conclusão:
      0 %
  • Meta:
    Conhecer o significado atribuído pela criança às famílias e a ser pai e mãe.
    Período:
    01/07/2020 a 31/12/2022
    Valor:
    R$ [Não informado]
    Conclusão:
    0 %
    • Indicador:
      Análise dos dados e apresentação dos resultados
      Valor:
      [Não informado]
      Conclusão:
      0
    • Fase:
      Submissão ao comitê de ética em pesquisa
      Período:
      02/01/2021 a 30/04/2021
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Coleta dos dados
      Período:
      04/05/2021 a 28/02/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Discussão dos dados com a literatura
      Período:
      01/07/2021 a 01/06/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Transcrição dos Dados
      Período:
      01/06/2021 a 31/03/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Orientações e estudos em grupo
      Período:
      01/07/2020 a 31/12/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Produção de trabalhos e artigos
      Período:
      01/07/2020 a 31/12/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Análise dos dados
      Período:
      15/06/2021 a 31/07/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Participação em eventos
      Período:
      01/10/2020 a 31/12/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Revisão de literatura científica e leituras de materiais bibliográficos
      Período:
      01/07/2020 a 31/12/2022
      Conclusão:
      0 %
  • Meta:
    Entender como as experiências de vida e morte do pai/mãe falecidos incorporam-se às narrativas familiares.
    Período:
    01/07/2020 a 31/12/2022
    Valor:
    R$ [Não informado]
    Conclusão:
    0 %
    • Indicador:
      Análise dos dados e apresentação dos resultados
      Valor:
      [Não informado]
      Conclusão:
      0
    • Fase:
      Submissão ao comitê de ética em pesquisa
      Período:
      02/01/2021 a 30/04/2021
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Coleta dos dados
      Período:
      04/05/2021 a 28/02/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Discussão dos dados com a literatura
      Período:
      01/07/2021 a 01/06/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Transcrição dos Dados
      Período:
      01/06/2021 a 31/03/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Orientações e estudos em grupo
      Período:
      01/07/2020 a 31/12/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Produção de trabalhos e artigos
      Período:
      01/07/2020 a 31/12/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Análise dos dados
      Período:
      15/06/2021 a 31/07/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Participação em eventos
      Período:
      01/10/2020 a 31/12/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Revisão de literatura científica e leituras de materiais bibliográficos
      Período:
      01/07/2020 a 31/12/2022
      Conclusão:
      0 %
  • Meta:
    Entender como as narrativas familiares se relacionam com a construção de significados da criança acerca da mãe/pai e de sua morte
    Período:
    01/07/2020 a 31/12/2022
    Valor:
    R$ [Não informado]
    Conclusão:
    0 %
    • Indicador:
      Análise dos dados e apresentação dos resultados
      Valor:
      [Não informado]
      Conclusão:
      0
    • Fase:
      Submissão ao comitê de ética em pesquisa
      Período:
      02/01/2021 a 30/04/2021
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Coleta dos dados
      Período:
      04/05/2021 a 28/02/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Discussão dos dados com a literatura
      Período:
      01/07/2021 a 01/06/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Transcrição dos Dados
      Período:
      01/06/2021 a 31/03/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Orientações e estudos em grupo
      Período:
      01/07/2020 a 31/12/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Produção de trabalhos e artigos
      Período:
      01/07/2020 a 31/12/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Análise dos dados
      Período:
      15/06/2021 a 31/07/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Participação em eventos
      Período:
      01/10/2020 a 31/12/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Revisão de literatura científica e leituras de materiais bibliográficos
      Período:
      01/07/2020 a 31/12/2022
      Conclusão:
      0 %
  • Meta:
    Identificar de que forma a mãe/pai morto se mantém presente na vida da criança.
    Período:
    01/07/2020 a 31/12/2022
    Valor:
    R$ [Não informado]
    Conclusão:
    0 %
    • Indicador:
      Conclusão do estudo e submissão dos artigos derivados
      Valor:
      [Não informado]
      Conclusão:
      0
    • Fase:
      Submissão ao comitê de ética em pesquisa
      Período:
      02/01/2021 a 30/04/2021
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Coleta dos dados
      Período:
      04/05/2021 a 28/02/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Discussão dos dados com a literatura
      Período:
      01/07/2021 a 01/06/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Transcrição dos Dados
      Período:
      01/06/2021 a 31/03/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Orientações e estudos em grupo
      Período:
      01/07/2020 a 31/12/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Produção de trabalhos e artigos
      Período:
      01/07/2020 a 31/12/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Análise dos dados
      Período:
      15/06/2021 a 31/07/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Participação em eventos
      Período:
      01/10/2020 a 31/12/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Revisão de literatura científica e leituras de materiais bibliográficos
      Período:
      01/07/2020 a 31/12/2022
      Conclusão:
      0 %