Visualizar projeto

Dados Básicos
Título
O USO DE JOGOS ELETRÔNICOS E MÍDIAS DIGITAIS POR PARTE DE CRIANÇAS COM E SEM TRANSTORNO FONOLÓGICO
Número do projeto
054896
Número do processo
23081.041733/2020-07
Classificação principal
Pesquisa
Data inicial
15/10/2020
Data final
30/06/2021
Resumo
Tema: Esta pesquisa propõe discutir o uso de jogos eletrônicos e mídias digitais por parte de crianças com e sem transtorno fonológico. Objetivos: Tem como objetivo avaliar os efeitos do uso de mídias digitais entre crianças com e sem transtorno fonológico em relação ao início, tempo de exposição, frequência de uso semanal, faixa etária, sexo e a percepção dos responsáveis acerca do uso. Metodologia: A pesquisa terá como participantes vinte e uma crianças, de ambos os sexos, na faixa etária dos 4 a 8 anos de idade. Um grupo será composto por crianças com transtorno fonológico e o outro por sujeitos com desenvolvimento típico. O primeiro grupo citado já foi montado e os dados obtidos foram cedidos e autorizados pela autora de uma outra pesquisa em prol do atual trabalho. O segundo grupo será constituído por meio de uma seleção por conveniência em ambiente domiciliar ou virtual, na qual a pesquisadora utilizará de um questionário sobre o uso de jogos eletrônicos e mídias digitais utilizado e cedido pela autora da pesquisa anterior, o qual será aplicado aos pais ou responsáveis das crianças sem transtorno fonológico. Além disso, serão utilizados protocolos de avaliação fonoaudiológica para averiguar a ausência de transtorno fonológico.
Objetivos
3.1. Objetivos gerais • Avaliar os efeitos do uso de mídias digitais entre crianças com e sem transtornos fonológicos. 3.2. Objetivos específicos • Avaliar o início, tempo de exposição e frequência semanal do uso de mídias e jogos eletrônicos de crianças com e sem transtorno fonológico; • Comparar o uso de mídias digitais e jogos eletrônicos quanto à faixa etária e sexo em crianças com e sem transtorno fonológico; • Analisar a percepção dos pais acerca do uso de mídias digitais e jogos eletrônicos no desenvolvimento da linguagem de seus filhos.
Justificativa
As mídias digitais se tornaram uma ferramenta indispensável para o cotidiano dos sujeitos, devido as praticidades, conveniências, mobilidade e novidades oferecidas por elas. A democratização ao acesso fez com que as mesmas estivessem presentes também na rotina de muitas crianças. Desta forma, é comum se deparar com a cena de crianças em restaurantes, por exemplo, manuseando celulares e tablets, distraídos, enquanto seus pais fazem suas refeições. Portanto, observa-se uma mudança de comportamento desde a primeira infância. Conforme Julieta Jerusalinsky (2014) as crianças hoje possuem acesso a demasiadas informações veiculadas eletronicamente. Contudo, carecem de tempo com quem singularizar experiências e interações que provoquem a curiosidade de aprender as que o cercam. Atualmente, parece existir um interesse maior pelas telas do que em se relacionar com os demais sujeitos assim como as brincadeiras ao ar livre já não são tão atrativas se comparado com o vasto mundo tecnológico. As relações interpessoais e a troca comunicativa estabelecida entre a criança e seus interlocutores possuem um papel fundamental além de serem vistas como pré-requisito para o processo do desenvolvimento linguístico em uma das teorias sobre a aquisição da linguagem (SCARPA, 2001). O outro desempenha a função de estabelecer um modelo linguístico para o processo de aquisição da linguagem e fala da criança. Ou seja, desde bebês, o outro é visto como principal referência para o aprendizado dos sons da língua materna. Com o passar dos anos, a fala e a linguagem da criança vão se aprimorando e se tornando mais complexas através das relações com outros adultos, crianças e brincadeiras. Todavia, a tecnologia surgiu e com ela trouxe transformações nestes quesitos fundamentais para o desenvolvimento infantil e seus aspectos, visto que as pessoas se juntam para assistirem TV, as mães cuidam de seus bebês enquanto trabalham utilizando o computador, por exemplo. Desta forma, o tempo de trocas de experiências comunicativas com o outro ficam cada vez mais restritas, já que os objetos tecnológicos vêm ocupando mais espaço (JERUSALINSKY, 2014). Sabe-se que alguns estudos já comprovaram os benefícios e malefícios acerca do uso das tecnologias. Ademais, é evidente que uma das mudanças perceptíveis causadas pela forte presença destas ferramentas está relacionada ao comportamento e o modo de como as pessoas se relacionam umas com as outras. Consequentemente, é imprescindível que se discuta quais os efeitos destes equipamentos no campo do desenvolvimento infantil, linguagem e, mais especificamente da fala, já que este assunto ainda é pouco explorado pela literatura e interfere diretamente na comunicação verbal. É por esse motivo que se busca, por meio da realização desta pesquisa, ampliar os conhecimentos acerca dos efeitos que o uso das mídias digitais pode ter sobre o desenvolvimento infantil, predominantemente nos aspectos que concernem à linguagem e fala. Pretende-se, assim, contribuir para a sociedade em geral e acadêmica de áreas que se interessem pela temática.
Resultados esperados
Identificar possíveis efeitos de jogos e mídias digitais no desenvolvimento de fala infantil. Orientar pais ou responsáveis sobre o uso de tecnologias por crianças na primeira infância.
Projeto em âmbito confidencial
Não
Projeto superior
-
Palavra-chave 1
Transtorno Fonológico
Palavra-chave 2
Mídias digitais
Palavra-chave 3
Jogos eletrônicos
Palavra-chave 4
Crianças
Tipo de evento
Não se aplica
Carga horária do curso
[Não informado]
Situação
Em andamento
Avaliação
Sem pendências de avaliação
Última avaliação
[Não informado]
Gestão do conhecimento e gestão financeira
O projeto pode gerar conhecimento passível de proteção?
Não
Propriedade Intelectual
[Não informado]
Proteção Especial
[Não informado]
Direito Autoral - Copyright
Não
O projeto contrata uma fundação? Indique a fundação
Não necessita contratar fundação
Classificações
Tipo
Classificação
Classificação CNPq
4.07.00.00-3 FONOAUDIOLOGIA
Linha de pesquisa
83.03.13 LINGÜÍSTICA E AQUISIÇÃO
Quanto ao tipo de projeto de pesquisa
2.12 Projeto de Monografia/TCC/Relatório de Estágio para Cursos de Graduação

Plano Gestão
Objetivo Estratégico
PDI 2016-2026 - Desafios
Desenvolvimento local, regional e nacional
Participantes
Matrícula Nome Função Carga Horária Período
@{matricula} @{pessoa.nomePessoa} @{funcao.descricao} @{cargaHoraria} h/semana @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Órgãos
Unidade Função Período
@{descricao} @{funcao.descricao} @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Plano de Trabalho
Metas/Indicadores/Fases
  • Meta:
    Análise e descrição dos resultados
    Período:
    01/02/2021 a 31/03/2021
    Valor:
    R$ [Não informado]
    Conclusão:
    0 %
    • Indicador:
      Análise estatística e descrição dos resultados obtidos
      Valor:
      [Não informado]
      Conclusão:
      0
    • Fase:
      Análise e descrição dos resultados
      Período:
      01/02/2021 a 31/03/2021
      Conclusão:
      0 %
  • Meta:
    Coleta de dados
    Período:
    01/12/2020 a 31/03/2021
    Valor:
    R$ [Não informado]
    Conclusão:
    0 %
    • Indicador:
      Coleta de dados de 63 sujeitos com aplicação de questionário aos pais e avaliação da fala de crianças
      Valor:
      [Não informado]
      Conclusão:
      0
    • Fase:
      Coleta de dados
      Período:
      01/12/2020 a 31/03/2021
      Conclusão:
      0 %
  • Meta:
    Conclusão, adequações e envio para publicação.
    Período:
    01/05/2021 a 30/06/2021
    Valor:
    R$ [Não informado]
    Conclusão:
    0 %
    • Indicador:
      Fase final de envio para publicação
      Valor:
      [Não informado]
      Conclusão:
      0
    • Fase:
      Conclusão, qualificação e envio para publicação
      Período:
      01/05/2021 a 30/06/2021
      Conclusão:
      0 %
  • Meta:
    Discussão dos resultados e redação do artigo do TCC
    Período:
    01/04/2021 a 31/05/2021
    Valor:
    R$ [Não informado]
    Conclusão:
    0 %
    • Indicador:
      Discussão dos resultados e redação do artigo para envio do parecerista
      Valor:
      [Não informado]
      Conclusão:
      0
    • Fase:
      Discussão dos resultados e redação da dissertação
      Período:
      01/04/2021 a 31/05/2021
      Conclusão:
      0 %