Visualizar projeto

Dados Básicos
Título
Saúde mental de mães que tiveram filho durante a pandemia de COVID-19 e os reflexos no desenvolvimento motor dos filhos.
Número do projeto
054750
Número do processo
23081.029630/2020-61
Classificação principal
Pesquisa
Data inicial
11/09/2020
Data final
31/05/2021
Resumo
A doença de coronavírus (COVID-19) foi identificada ao final de 2019. Com rápida velocidade de transmissão e com crescimento exponencial de casos, em 15 de março de 2020 decretada como pandemia global pela organização mundial da saúde (OMS). Vários países adotaram estratégias de enfrentamento ao COVID-19, como o distanciamento social, com a finalidade de preservar o bem-estar dos indivíduos, contudo, estas recomendações impactaram radicalmente a rotina, os hábitos e os comportamentos da população e mundial. Tais mudanças provavelmente intensificarão os distúrbios de saúde mental já existentes na população e contribuirão para o aparecimento de novos transtornos relacionados ao estresse, como transtorno do estresse pós-traumático, depressão e ansiedade. Um grupo particularmente vulnerável é o de puérperas e de crianças recém-nascidas. Visto que esta é uma fase sensível para o estabelecimento de vínculos entre a mão e o bebê, bem como, em função da necessidade constante de cuidados integrais e intensivos para a sobrevivência, bem-estar e desenvolvimento do recém-nascido. Até o presente momento, nenhum estudo avaliou o quanto e como a incidência de COVID-19 alteraram a rotina de mulheres que vivenciam a maternidade e quais as possíveis consequências dessas mudanças na saúde física e mental, além disso, quais os impactos no desenvolvimento motor de seus filhos. Os objetivos deste estudo serão: 1) avaliar aspectos comportamentais, 2) a saúde física e mental de mulheres que passam pela experiência de ser mãe durante a pandemia, em isolamento social ou quarentena ou não, bem como, 3) verificar os reflexos dessas alterações no desenvolvimento motor de seus filhos(as) até dezoito meses de idade. Trata-se de uma pesquisa transversal exploratória com coleta de dados realizada através de plataforma online que recrutará seus participantes utilizando o método bola de neve. Serão coletados os seguintes dados: informações maternas (Nome; Data de Nascimento; Idade; Escolaridade; Raça; Ocupação; Cidade; Estado; Email), informações da criança (Nome da criança; Data de nascimento; Município de nascimento; Estado; Nome da mãe; Nome do pai; Raça; Peso ao nascer; Tipo de Parto e se foi a termo, prematuro ou pós-maturo) além de características sociodemográficas, comportamento da família frente a exposição ao vírus SARS-CoV-2, ação frente a presença de sintomas de COVID-19, adoção de medidas de auto-isolamento, tabagismo, consumo de álcool, prática de atividade física e comportamento sedentário, diagnóstico de transtornos mentais ou doenças físicas, e presença de sintomas de transtornos mentais, solidão e bem-estar, percepções de co-parentalidade, crenças parentais e práticas de cuidado infantil e oportunidades para o desenvolvimento motor infantil.
Objetivos
O presente estudo tem como objetivo verificar o impacto da pandemia e do isolamento social na saúde física e mental de mulheres em maternidade, nos cuidados parentais, na co-parentalidade, e nas oportunidades de estímulos para o desenvolvimento motor de crianças no período da primeira infância, de mulheres que tornaram-se mães durante a pandemia de COVID-19.
Justificativa
A pandemia de coronavirus está afetando a saúde mental da população mundial. No entanto, ainda não está claro qual o impacto da pandemia nos cuidados parentais de maes durante a pandemia.
Resultados esperados
Mulheres que estão vivenciado a maternidade neste período de pandemia demonstram um aumento nos níveis de sintomas de ansiedade e depressão, bem como, menores níveis de atividade física. As interrelações parentais sofreram modificações pelo estresse e medo pandêmico que alteraram os hábitos e cuidados com seus filhos(as). Ainda, a saúde mental das mães impacta no desenvolvimento motor das crianças e a oferta de estímulos apresenta-se em menor quantidade pela restrição de acesso a outros contextos.
Projeto em âmbito confidencial
Não
Projeto superior
-
Palavra-chave 1
Saúde Materna
Palavra-chave 2
Saúde Mental
Palavra-chave 3
Covid-19
Palavra-chave 4
Desenvolvimento Infantil
Tipo de evento
Não se aplica
Carga horária do curso
[Não informado]
Situação
Em andamento
Avaliação
Sem pendências de avaliação
Última avaliação
[Não informado]
Gestão do conhecimento e gestão financeira
O projeto pode gerar conhecimento passível de proteção?
Não
Propriedade Intelectual
[Não informado]
Proteção Especial
[Não informado]
Direito Autoral - Copyright
Não
O projeto contrata uma fundação? Indique a fundação
Não necessita contratar fundação
Classificações
Tipo
Classificação
Classificação CNPq
4.09.00.00-2 EDUCAÇÃO FÍSICA
Grupo do CNPq
955 Grupo de pesquisa em exercício físico e saúde mental
Linha de pesquisa
02.02.01 EPIDEMIOLOGIA
Quanto ao tipo de projeto de pesquisa
2.01 Projeto de Pesquisa Pura

Plano Gestão
Objetivo Estratégico
PDI 2016-2026 - Desafios
Inovação, geração de conhecimento e transferência de tecnologia
Participantes
Matrícula Nome Função Carga Horária Período
@{matricula} @{pessoa.nomePessoa} @{funcao.descricao} @{cargaHoraria} h/semana @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Órgãos
Unidade Função Período
@{descricao} @{funcao.descricao} @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Plano de Trabalho
Metas/Indicadores/Fases
  • Meta:
    Coleta de dados
    Período:
    01/11/2020 a 31/12/2020
    Valor:
    R$ [Não informado]
    Conclusão:
    0 %
    • Indicador:
      coleta onlime
      Valor:
      [Não informado]
      Conclusão:
      0
  • Meta:
    Divulgação dos resultados: artigo Científico, apresentação em Congressos Científicos, outros
    Período:
    01/03/2021 a 31/05/2021
    Valor:
    R$ [Não informado]
    Conclusão:
    0 %
  • Meta:
    Tramitação no cep
    Período:
    11/09/2020 a 31/10/2020
    Valor:
    R$ [Não informado]
    Conclusão:
    0 %