Visualizar projeto

Dados Básicos
Título
Otimização da produção de óleo microbiano por Mortierella isabellina e microencapsulação pelo método de gelificação iônica externa
Número do projeto
053620
Número do processo
23081.010467/2020-62
Classificação principal
Pesquisa
Data inicial
22/04/2020
Data final
01/11/2023
Resumo
Nas últimas três décadas inúmeros estudos científicos vêm destacando a importância dos ácidos graxos poli-insaturados (PUFAs) para a saúde humana. Alguns dados demonstram que 84% das doenças cardiovasculares (DCV) estão associadas à baixa taxa de consumo de PUFAs, principalmente o ácido eicosapentanóico (EPA) e o ácido docosahexanóico (DHA). Uma vez que as DCV são a principal causa de morte no mundo, perfazendo 30% das mortes globais, diversas estratégias dietéticas têm sido propostas com o intuito de reduzir o consumo de ácidos graxos saturados (SFA) em favorecimento ao aumento na ingestão de PUFAs.As principais fontes de PUFAs são, atualmente, peixes de águas frias. Porém, à produção a partir de óleo de peixe apresenta algumas desvantagens, como o odor não atrativo, instabilidade, custo elevado de purificação e baixa oferta ao consumidor. Desta forma, tem-se pesquisado rotas alternativas, como a biotecnológica, para a obtenção de concentrados de PUFAs. Os principais micro-organismos produtores de lipídios são as leveduras e os fungos, pois podem produzir até 40% de sua biomassa em lipídios, com destaque para as cepas pertencentes ao gênero Mortierella como grandes produtoras. O interesse pela adição de PUFAs em vários alimentos vem crescendo como forma de aumentar seus valores nutricionais e terapêuticos, porém o maior problema encontrado pelas indústrias na suplementação em alimentos funcionais, está relacionado com a viabilidade dos ácidos graxos (AG) em não se oxidarem quando submetidos a determinadas condições, como por exemplo, a exposição à luz, temperatura e a passagem pelo trato gastrointestinal humano. A microencapsulação de lipídeos representa produtos mais estáveis e de fácil manuseio. Neste contexto, o objetivo deste trabalho será produzir PUFAs por Mortierella Isabellina através de fermentação submersa e avaliar sua estabilidade através da microencapsulação.
Objetivos
OBJETIVO GERAL O objetivo deste trabalho será produzir PUFAs por Mortierella Isabellina através de fermentação submersa, avaliar a eficiência extração por ultrassom e microencapsular. OBJETIVOS ESPECÍFICOS • Investigar as melhores condições de acúmulo de PUFAs por fermentação submersa, avaliando o efeito das variáveis do meio de cultura (extrato de levedura, peptona e sacarose) e dos parâmetros de fermentação (agitação, temperatura e pH). • Estudar o aumento de escala de produção em biorreator STR e otimizar as variáveis agitação e aeração através de planejamento experimental (DCCR) para a produção de um óleo microbiano e PUFAs; • Avaliar o efeito do banho ultrassom e da sonda de ultrassom na extração de AG; • Estudar as condições de microencapsulação do óleo microbiano por gelificação iônica externa. • Avaliar o tamanho médio das micropartículas com PUFAs; • Avaliar a estabilidade oxidativa das microcápsulas e do óleo microbiano livre em diferentes condições de luminosidade e temperatura. • Avaliar a resistência das micropartículas em condições que simulam o ambiente gástrico intestinal;
Justificativa
A produção industrial de PUFAs por rota biotecnlógica tem vantagem sobre outras fontes de óleos, pois não necessita de grandes extensões de terra agriculturável e de enormes quantidades de água. Alem disso a produção pode ser feita durante todo do ano, pois não há dependência sazonal ou climática e os PUFAs produzidos são de alto grau de pureza e com qualidade controlada. Dentro do contexto dos alimentos funcionais, os produtos suplementados com PUFAs têm sido considerados bastante benéficos à saúde humana. No entanto, durante o processamento, distribuição ou o preparo dos alimentos contendo PUFAs, estes podem sofrer oxidação com conseqüências organolépticas e nutricionais negativas, resultando na redução da vida útil do produto. Assim, a microencapsulação representa uma alternativa de proteção contra a oxidação lipídica, uma vez que a matriz polimérica do material de parede forma uma barreira e limita o transporte de oxigênio e, conseqüentemente, as reações de oxidação. Isso é interessante para as indústrias de alimentos, pois é uma alternativa para aumentar a ingestão de PUFAs, levando-se em consideração a crescente preocupação dos consumidores na busca por alimentos mais saudáveis.
Resultados esperados
• Obter um processo fermentativo otimizado com quantidades de lipídios e PUFA satisfatória para posterior microencapsulação. • Estabelecer a melhor condição de produção de óleo em biorreator STR. • Estabelecer condições ótimas de microencapsulação do óleo microbiano através de gelificação iônica externa. • Obtenção de microcápsulas com características adequadas (tamanho e forma). • Prolongar a vida de prateleira do óleo microbiano contra a oxidação através microcápsulas. • Colaborar para a pesquisa científica no Programa de Ciência e Tecnologia de alimentos, demonstrados a possibilidade de produção de um óleo com alto valor nutricional bem como sua conservação contra a oxidação lipídica através da microencapsulação.
Projeto em âmbito confidencial
Não
Projeto superior
-
Palavra-chave 1
Fungos Filamentosos
Palavra-chave 2
Fermentação Submersa
Palavra-chave 3
Oxidação Lipídica
Palavra-chave 4
Ácidos Graxos
Tipo de evento
Não se aplica
Carga horária do curso
[Não informado]
Situação
Em andamento
Avaliação
Sem pendências de avaliação
Última avaliação
17/05/2021
Gestão do conhecimento e gestão financeira
O projeto pode gerar conhecimento passível de proteção?
Não
Propriedade Intelectual
[Não informado]
Proteção Especial
[Não informado]
Direito Autoral - Copyright
Não
O projeto contrata uma fundação? Indique a fundação
Não necessita contratar fundação
Classificações
Tipo
Classificação
Classificação CNPq
5.07.01.00-2 CIÊNCIA DE ALIMENTOS
Linha de pesquisa
00.02.07.00 CIÊNCIA E TECNOLOGIA DOS ALIMENTOS
Quanto ao tipo de projeto de pesquisa
2.04 Projeto de Tese

Plano Gestão
Objetivo Estratégico
PDI 2016-2026 - Desafios
Inovação, geração de conhecimento e transferência de tecnologia
Participantes
Matrícula Nome Função Carga Horária Período
@{matricula} @{pessoa.nomePessoa} @{funcao.descricao} @{cargaHoraria} h/semana @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Órgãos
Unidade Função Período
@{descricao} @{funcao.descricao} @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Plano de Trabalho
Metas/Indicadores/Fases
  • Meta:
    Meta 1 - Estudar a otimização da produção de óleo microbiano por Mortierella isabellina através de fermentação submersa
    Período:
    22/04/2020 a 30/06/2022
    Valor:
    R$ [Não informado]
    Conclusão:
    70 %
    • Fase:
      Fase 1.1 - Revisão bibliográfica
      Período:
      22/04/2020 a 30/06/2022
      Conclusão:
      100 %
    • Fase:
      Fase 1.2 - Otimização das condições de acúmulo de PUFAs
      Período:
      01/07/2020 a 30/06/2021
      Conclusão:
      100 %
    • Fase:
      Fase 1.3 - Aumento da escala de produção em biorreator STR
      Período:
      01/01/2021 a 31/12/2021
      Conclusão:
      60 %
    • Fase:
      Fase 1.4 - Avaliação da extração por ultrassom
      Período:
      01/01/2022 a 30/06/2022
      Conclusão:
      0 %
  • Meta:
    Meta 2 - Avaliar o efeito da microencapsulção do óleo microbiano sobre a oxidação lipídica e ambiente gástrico intestinal
    Período:
    01/07/2022 a 01/11/2023
    Valor:
    R$ [Não informado]
    Conclusão:
    0 %
    • Fase:
      Fase 2.2 - Microencapsulação do óleo
      Período:
      01/07/2022 a 31/12/2022
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Fase 2.3 - Análise das microcapsulas, oxidação lipídica e ambiente gástrico intestinal
      Período:
      01/07/2022 a 30/06/2023
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Fase 2.4 - Análise de dados
      Período:
      01/01/2023 a 30/06/2023
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Fase 2.5 - Redação da tese
      Período:
      01/07/2023 a 01/11/2023
      Conclusão:
      0 %
    • Fase:
      Fase 2.1 - Revisão de bibliográfica
      Período:
      01/06/2022 a 01/11/2023
      Conclusão:
      0 %