Visualizar projeto

Dados Básicos
Título
TERAPIA FAMILIAR SISTÊMICA: UM PANORAMA INICIAL
Número do projeto
051926
Número do processo
23081.026696/2019-65
Classificação principal
Ensino
Data inicial
01/04/2019
Data final
31/05/2019
Resumo
Considerando o trabalho dos profissionais da psicologia, seja em qualquer contexto no qual estejam inseridos, entende-se que estes sempre irāo se deparar com desafios advindos da contemporaneidade, entre eles os que envolvem as famílias, suas peculiaridades e relações. Dessa forma, é necessário que estes estejam sempre atualizados em relação às realidades e configurações familiares que poderão se deparar. A teoria sistêmica familiar contribui com esse conhecimento, podendo servir de aporte teórico para esses profissionais. Não tendo ainda a devida atenção nas graduações de psicologia, esse curso de pequena duração pretende complementar a formação dos alunos de psicologia proporcionando leituras de artigos teóricos, fornecendo conhecimento para realização de debates acerca da Teoria sistêmica, assim como temáticas relacionadas à terapia familiar e relações familiares, visando instrumentalizar os alunos da instituição para a prática com famílias. O projeto efetiva-se como um curso de curta duração, com 4 encontros presenciais e um à distância que totalizam dez horas, sendo realizado nos meses de abril e maio. Os encontros terão formato de seminários dialogados, baseados em textos teóricos e científicos propostos. Espera-se que, através do curso, os participantes ampliem seu conhecimento, aumentando o interesse sobre o assunto, estando motivados para novos estudos sobre a temática familiar e a Abordagem Sistêmica.
Objetivos
OBJETIVO GERAL Proporcionar um espaço para leitura de textos teóricos e debates acerca da Teoria Sistêmica, bem como, das temáticas relacionadas à terapia familiar e às relações familiares. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Possibilitar o conhecimento sobre Terapia Sistêmica Familiar na formação acadêmica dos estudantes de Psicologia da UFSM; · Promover discussões acerca da temática através da leitura de textos clássicos da abordagem; · Contribuir para a atuação profissional dos alunos, fornecendo conhecimento sobre os instrumentos e teorias para a prática com famílias.
Justificativa
Na contemporaneidade, a família tem refletido os diversos processos de transformações psico-sócio-político-econômico-culturais da sociedade (GRZYBOWSKI, 2011). Famílias divorciadas, recasadas, adotivas, monoparentais, chefiadas por mulheres ou homens, produções independentes, uniões homossexuais são algumas das possibilidades, dentro da multiplicidade de famílias da atualidade, sendo que o modelo nuclear de família (composto por pai, mãe e filhos) tem vivenciado inúmeras alterações, ocasionando a construção de conceitos mais atuais de família (WAGNER, 2002). A partir do exposto, percebe-se a necessidade de pensar de forma mais ampla a respeito da família e das relações e processos que ocorrem nos sistemas familiares, buscando dar conta da pluralidade de formas de ser família e da complexidade implicada nesse tema (WAGNER; TRONCO; ARMANI, 2011). Nesse sentido, entende-se a Terapia Familiar Sistêmica como uma abordagem contextualizada e adequada para se pensar famílias na contemporaneidade. A Terapia Familiar Sistêmica teve início nos anos 50 por um grupo de estudiosos que atuava em diferentes contextos nos Estados Unidos, após a Segunda Guerra Mundial (DALMASO, 2010). Ela parte do pressuposto de que o ser humano não é um ser isolado, mas faz parte e recebe constantemente influências do meio no qual está inserido (MENEZES, 2001). A principal mudança apresentada por esta visão é a troca do modelo linear de pensamento, pelo circular (ZORDAN; DELLATORRE; WIECZORECK, 2012), onde todos os elementos envolvidos em determinado processo se movem juntos, influenciando-se mutuamente. Assim, a terapia não busca isolar um indivíduo de seu contexto, e sim, atentar para seus relacionamentos com a família e demais sistemas com os quais se relaciona (SILVA, 2008). A partir do modelo sistêmico, compreende-se a família de forma dinâmica, enquanto um sistema vivo, com interação entre as partes e efeitos sobre o todo (DALMASO, 2010). Dessa forma, a família é um conjunto integrado, e modificações em um de seus elementos desempenham influência sobre os demais, bem como, sobre o sistema como um todo (NICHOLS; SCHWARTZ, 2007). Além disso, a família deve ser pensada como um sistema constituído por vários níveis de relações, configurando-a, portanto, em um sistema interacional (MINUCHIN; COLAPINTO; MINUCHIN, 1999, OSÓRIO; VALLE, 2011). Como sistema complexo, a família é composta por diferentes subsistemas, destacando-se o subsistema conjugal, o parental e o fraterno. Os subsistemas são entendidos como integrados e interdependentes, caracterizando uma rede cíclica de interações (MINUCHIN; COLAPINTO; MINUCHIN, 1999, OSÓRIO; VALLE, 2011). Dessa forma, a partir do exposto entende-se a necessidade de ampliar os conhecimentos acerca da Teoria Sistêmica e instrumentalizar os alunos a respeito da temática, com vistas ao estudo e à atuação na abordagem. Justifica-se a realização deste curso diante da possibilidade de pensar em maneiras contextualizadas de trabalhar com famílias, de forma a compreender e dar conta dos diversos processos que ocorrem nos sistemas familiares na contemporaneidade.
Resultados esperados
Espera-se realizar 5 encontros, sendo estes, 4 presenciais e 1 à distância, com um grupo de aproximadamente 10 participantes. O mesmo tem por intuito discutir a teoria sistêmica e as relações familiares. Com isso, pretende-se oportunizar às pessoas um espaço para adquirir conhecimento sobre a temática, estimulando o interesse pelo tema, família e relacionamentos familiares, e incentivando mais estudos sobre o assunto.
Projeto em âmbito confidencial
Não
Projeto superior
-
Palavra-chave 1
Abordagem sistêmica
Palavra-chave 2
Relações Familiares
Palavra-chave 3
Ensino
Palavra-chave 4
[Não informado]
Tipo de evento
Não se aplica
Carga horária do curso
[Não informado]
Situação
Concluído/Publicado
Avaliação
Sem pendências de avaliação
Última avaliação
09/10/2019
Gestão do conhecimento e gestão financeira
O projeto pode gerar conhecimento passível de proteção?
Não
Propriedade Intelectual
[Não informado]
Proteção Especial
[Não informado]
Direito Autoral - Copyright
Não
O projeto contrata uma fundação? Indique a fundação
Não necessita contratar fundação
Classificações
Tipo
Classificação
Linha de pesquisa
00.00.00.00 NOVAS LINHAS DE PESQUISA

Plano Gestão
Objetivo Estratégico
PDI 2016-2026 - Desafios
Inovação, geração de conhecimento e transferência de tecnologia
Participantes
Matrícula Nome Função Carga Horária Período
@{matricula} @{pessoa.nomePessoa} @{funcao.descricao} @{cargaHoraria} h/semana @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Órgãos
Unidade Função Período
@{descricao} @{funcao.descricao} @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Plano de Trabalho
Metas/Indicadores/Fases
  • Meta:
    Contribuir para a atuação profissional dos alunos, fornecendo conhecimento sobre os instrumentos e teorias para a prática com famílias.
    Período:
    01/04/2019 a 31/05/2019
    Valor:
    R$ [Não informado]
    Conclusão:
    100 %
    • Indicador:
      Desenvolvimento de encontros para discussão de textos
      Valor:
      5
      Conclusão:
      5
    • Fase:
      Planejamento do projeto
      Período:
      01/04/2019 a 05/04/2019
      Conclusão:
      100 %
    • Fase:
      Desenvolvimento do projeto
      Período:
      10/04/2019 a 08/05/2019
      Conclusão:
      100 %
    • Fase:
      Elaboração e submissão do relatório final
      Período:
      09/05/2019 a 31/05/2019
      Conclusão:
      100 %
  • Meta:
    Possibilitar o conhecimento sobre Terapia Sistêmica Familiar na formação acadêmica dos estudantes de Psicologia da UFSM;
    Período:
    01/04/2019 a 31/05/2019
    Valor:
    R$ [Não informado]
    Conclusão:
    100 %
    • Indicador:
      Indicações e leituras de textos, problematizações acerca das leituras, compartilhamento de vivências
      Valor:
      5
      Conclusão:
      5
    • Fase:
      Planejamento do projeto
      Período:
      01/04/2019 a 05/04/2019
      Conclusão:
      100 %
    • Fase:
      Desenvolvimento do projeto
      Período:
      10/04/2019 a 08/05/2019
      Conclusão:
      100 %
    • Fase:
      Elaboração e submissão do relatório final
      Período:
      09/05/2019 a 31/05/2019
      Conclusão:
      100 %
  • Meta:
    Promover discussões acerca da temática através da leitura de textos clássicos da abordagem;
    Período:
    01/04/2019 a 31/05/2019
    Valor:
    R$ [Não informado]
    Conclusão:
    100 %
    • Indicador:
      Apresentar e discutir com os participantes acerca da abordagem sistêmica através da leitura de autores clássicos e contemporâneos
      Valor:
      5
      Conclusão:
      5
    • Fase:
      Planejamento do projeto
      Período:
      01/04/2019 a 05/04/2019
      Conclusão:
      100 %
    • Fase:
      Desenvolvimento do projeto
      Período:
      10/04/2019 a 08/05/2019
      Conclusão:
      100 %
    • Fase:
      Elaboração e submissão do relatório final
      Período:
      09/05/2019 a 31/05/2019
      Conclusão:
      100 %
  • Meta:
    Proporcionar um espaço para leitura de textos teóricos e debates acerca da Teoria Sistêmica, bem como, das temáticas relacionadas à terapia familiar e às relações familiares.
    Período:
    01/04/2019 a 31/05/2019
    Valor:
    R$ [Não informado]
    Conclusão:
    100 %
    • Indicador:
      Realização de cinco encontros com os alunos participantes
      Valor:
      5
      Conclusão:
      5
    • Fase:
      Planejamento do projeto
      Período:
      01/04/2019 a 05/04/2019
      Conclusão:
      100 %
    • Fase:
      Desenvolvimento do projeto
      Período:
      10/04/2019 a 08/05/2019
      Conclusão:
      100 %
    • Fase:
      Elaboração e submissão do relatório final
      Período:
      09/05/2019 a 31/05/2019
      Conclusão:
      100 %