Visualizar projeto

Dados Básicos
Título
Prevalência de cães portadores de Helicobacter ssp. na região central do Estado do Rio Grande do Sul
Número do projeto
050007
Número do processo
23081.047768/2018-27
Classificação principal
Pesquisa
Data inicial
20/08/2018
Data final
24/01/2020
Resumo
As Helicobacter ssp. tratam-se de bactérias gram-negativas, microaerófilas e espiraladas, que se destacam pela sua capacidade de sobrevivência no ambiente hostil do lúmen gástrico. As espécies mais comumente encontradas em cães domésticos, são as H. felis, H. bizzozeronii e H. salomonis. Em humanos, já é concretizada a relação da infecção da H. pilory com a patogenia dos carcinomas gástricos, gastrites e úlceras pépticas. Contudo, em animais domésticos isto ainda não é muito bem compreendido, bem como a sua forma de transmissão. Além do mais, suspeita-se que aqueles microrganismos encontrados na espécie canina detenham de um forte potencial patogênico à espécie humana, desta forma, destacando-se a sua relação zoonótica e salientando a importância de trabalhar epidemiológicamente com este microrganismo. Diante do exposto, o presente projeto tem o objetivo de traçar um quadro epidemiológico destas bactérias e determinar a espécie mais prevalente em cães pertencentes à região central do Estado do Rio Grande do Sul, por meio da avaliação das secreções bucais e mucosa gástrica e correlacionar a intensidade inflamatória da mucosa gástrica relacionada à presença do microrganismo. Para a realização deste estudo, serão empregados cães com e sem histórico de sinais clínicos gastrointestinais agudos e crônicos, que serão submetidos à endoscopia digestiva alta e coletas de amostras de fragmentos da mucosa gástrica e secreções salivares. Uma vez coletadas, estas amostras serão armazenadas em soluções para a análise de histopatologia e detecção de reação em cadeia de polimerase multiplex (PCR multiplex), com o propósito de analisar histologicamente o grau inflamatório e observar a presença do microorganimo e identificar filogeneticamente a H. pylori, H. felis, H. heilmannii, H. bizzozeronii e H. salomonis.
Objetivos
O objetivo geral deste trabalho é estabelecer um panorama epidemiológico da incidência de bactérias da espécie Helicobacter ssp. na população de cães domésticos com ou sem doenças gástricas clínicas atendidos em Hospital Veterinário na região central do Estado do Rio Grande do Sul.
Justificativa
A H. felis, H. bizzozeronii e H. salomonis com a ausência da H. pylori já foram detectadas em 48,5% (n= 48/101) de amostras obtidas de mucosa gástricas de humanos apresentando históricos de gastrites crônicas. Assim como em outros diversos estudos, H. heilmannii s. l. também já foram presenciadas em pacientes humanos apresentando quadros de úlceras pépticas e carcinomas gástricos.Segundo alguns estudos realizados em populações humanas e de carnívoros domésticos, à falta de higiene, o confinamento com alta densidade populacional e a promiscuidade, podem ser os principais fatores predisponentes na transmissão destas bactérias dos animais ao homem e vice-versa. Em três estudos já se foi possível avaliar a presença das H. heilmannii s. l. no conteúdo salivar de cães, mas a limitação de resultados almejam ao reforço desta informação, visto que ainda se encontra em construção a confirmação da via oral como rota de transmissão deste agente (JANKOWSKI et al., 2015). Dados adicionais, podem contribuir de forma altamente significativa no estudo da patogenia deste gênero bacteriano na espécie canina. Desta forma, devido à grande dimensão do território brasileiro, às precariedades sanitárias que o país enfrenta e à grande população de animais domésticos, é altamente justificável a elaboração de um perfil epidemiológico deste agente. Busca-se traçar planos futuros de controle e profilaxia de disseminação deste agente frente ao potencial zoonótico que este pode oferecer.
Resultados esperados
Neste trabalho espera-se estabelecer com sucesso um panorama epidemiológico das Helicobacter heilmannii s.l e H. pylori na espécie canina desta região, levando em conta o seu possível fator zoonótico que pode oferecer e a possiblidade da população canina desta localidade ser um considerável reservatório das H. pylori. Com isso, buscamos gerar futuros planos de educação sanitária desta comunidade em relação ao contato direto com seus cães domésticos. Devido à falta de estudos desta natureza, que avaliem a detecção deste agente por meio do PCR em cães no território sul-americano e dentre poucos que investiguem a secreção salivar como potencial via de transmissão, será realizada a submissão dos resultados deste estudo para periódicos nacionais e internacionais com melhores fatores de impacto e classificação Quallis.
Projeto em âmbito confidencial
Não
Projeto superior
043163 - Prestação de serviços médicos veterinários à comunidade de santa Maria e região e treinamento acadêmico na rotina hospitalar
Palavra-chave 1
Cães
Palavra-chave 2
Helicobacter ssp.
Palavra-chave 3
Histopatologia
Palavra-chave 4
PCR multiplex
Tipo de evento
Não se aplica
Carga horária do curso
[Não informado]
Situação
Concluído/Publicado
Avaliação
Sem pendências de avaliação
Última avaliação
27/01/2020
Gestão do conhecimento e gestão financeira
O projeto pode gerar conhecimento passível de proteção?
Não
Propriedade Intelectual
[Não informado]
Proteção Especial
[Não informado]
Direito Autoral - Copyright
Não
O projeto contrata uma fundação? Indique a fundação
Não necessita contratar fundação
Classificações
Tipo
Classificação
Classificação CNPq
5.05.01.06-2 CLÍNICA VETERINÁRIA
Linha de pesquisa
00.00.00.00 NOVAS LINHAS DE PESQUISA
Quanto ao tipo de projeto de pesquisa
2.02 Projeto de Monografia para Cursos de Pós-Graduação
Objetivos Sustentáveis da ONU
03 Saúde e Bem-Estar

Plano Gestão
Objetivo Estratégico
PDI 2016-2026 - Desafios
Inovação, geração de conhecimento e transferência de tecnologia
Participantes
Matrícula Nome Função Carga Horária Período
@{matricula} @{pessoa.nomePessoa} @{funcao.descricao} @{cargaHoraria} h/semana @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Órgãos
Unidade Função Período
@{descricao} @{funcao.descricao} @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Plano de Trabalho
Fontes
Órgão
Valor
Recursos próprios do projeto
R$ 9.207,15
Rendimentos financeiros
R$ [Não informado]
Total
R$ 9,207.15
Despesas
 
Especificação
Descrição
Valor Unitário
Total
Passagens
Nenhuma despesa cadastrada
Material de consumo
MATERIAL HOSPITALAR
Material para realização dos procedimentos endoscópicos e análise das biopsias
R$ 613.81
R$ 9,207.15
Auxílio financeiro a estudantes
Nenhuma despesa cadastrada
Diária
Nenhuma despesa cadastrada
Serviços de pessoa física
Nenhuma despesa cadastrada
Obras e instalações
Nenhuma despesa cadastrada
Equipamentos e materiais permanentes
Nenhuma despesa cadastrada
Serviços de terceiros - pessoa jurídica
Nenhuma despesa cadastrada
Bolsa
Nenhuma despesa cadastrada
UFSM e Fundação
Nenhuma despesa cadastrada
Total
R$ 9,207.15
Pessoal Envolvido
Nenhum bolsista definido
Metas/Indicadores/Fases
  • Meta:
    Redação científica do artigo
    Período:
    01/04/2020 a 01/08/2020
    Valor:
    R$ [Não informado]
    Conclusão:
    100 %
  • Meta:
    1 - Coleta de material nos exames de endoscopia em cães atendidos no HVU/UFSM
    Período:
    03/09/2018 a 20/12/2019
    Valor:
    R$ 9.207,15
    Conclusão:
    100 %
    • Indicador:
      1 - Coletar o material, armazenar em frascos específicos e enviar para análise histopatológica e PCR
      Valor:
      20
      Conclusão:
      1
    • Fase:
      1 - Aplicação de testes
      Período:
      03/09/2018 a 20/12/2019
      Conclusão:
      100 %
  • Meta:
    2 - Análise dos resultados e confecção da dissertação
    Período:
    05/08/2019 a 31/01/2020
    Valor:
    R$ 0,00
    Conclusão:
    100 %
    • Indicador:
      2 - Elaboração da dissertação
      Valor:
      [Não informado]
      Conclusão:
      100