Visualizar projeto

Dados Básicos
Título
Fortalecimento da cadeia produtiva da olivicultura na região Central do Rio Grande do Sul
Número do projeto
047790
Número do processo
23081.049640/2017-17
Classificação principal
Extensão
Data inicial
01/12/2017
Data final
30/11/2022
Resumo
O azeite de oliva extravirgem é um produto de elevado valor nutricional, e seu consumo está relacionado a diversos benefícios à saúde, como menor incidência de doenças coronarianas e de alguns tipos de câncer. Contudo, a comprovação das propriedades funcionais e da qualidade do azeite de oliva somente é firmada quando se conhece detalhadamente a composição físico-química e nutricional deste, principalmente no que tange ao seu perfil de polifenóis. Desta forma, a realização de análises de caracterização dos azeites de oliva produzidos no Rio Grande do Sul é de grande importância, pois assim há possibilidade de gerar maior ganho de mercado, devido ao destaque dado pela qualidade certificada através de análises recomendadas pela legislação brasileira. Além disso, ao realizar uma caracterização detalhada dos azeites gaúchos, pode-se dar um grande passo para uma futura certificação de origem dos produtos, diferenciando-os e aumentando a competitividade de mercado e vendas, pela qualidade reconhecida e comprovada. Dessa forma, o objetivo do presente projeto de extensão é implantar metodologias analíticas para ensaios físico-químicos e nutricionais de azeite de oliva, visando a sustentabilidade da cadeia produtiva da olivicultura. O projeto será dividido em duas etapas: implantação de infraestrutura analítica para caracterização de azeites de oliva e realização de análises dos azeites produzidos no estado do Rio Grande do Sul. Na primeira etapa, será implantado um laboratório de análise da qualidade de azeites de oliva, e na segunda etapa o serviço de análise será oferecido para produtores do Rio Grande do Sul, visando identificar características químicas e/ou nutricionais peculiares dos azeites produzidos no Estado e/ou em regiões específicas do Estado, fornecendo embasamento científico para uma futura busca pela certificação de origem do produto, o que permitirá agregar ainda mais valor a este produto. Serão oferecidas as análises de índice de acidez livre, índice de peróxidos, perfil de ácidos graxos, teor de colesterol, índice de iodo e extinção específica no ultravioleta e teor dos compostos fenólicos. Propõe-se esta prestação de serviços pelo período de cinco anos. O presente projeto proporcionará garantia de qualidade do azeite de oliva, através de caracterização detalhada dos compostos presentes neste, dando um passo importante para a busca pela certificação de origem.
Objetivos
OBJETIVO GERAL Implantar metodologias analíticas para ensaios físico-químicos e nutricionais de azeite de oliva. OBJETIVOS ESPECÍFICOS - Desenvolver os procedimentos operacionais (POP) e as instruções de trabalho (IT) de análises físicas. - Desenvolver os procedimentos operacionais (POP) e as instruções de trabalho (IT) de análises químicas e nutricionais. - Disponibilizar o serviço para o setor produtivo local.
Justificativa
O azeite de oliva extravirgem é um produto de elevado valor nutricional, e seu consumo está relacionado a diversos benefícios à saúde, como menor incidência de doenças coronarianas e de alguns tipos de câncer. Estas propriedades benéficas que o consumo de azeite traz à saúde se devem principalmente à presença dos polifenóis, que são compostos antioxidantes com valor nutracêutico, e estão presentes em grande quantidade nos azeites de oliva extravirgens. Contudo, a comprovação das propriedades funcionais e da qualidade do azeite de oliva somente é firmada quando se conhece detalhadamente a composição físico-química e nutricional deste, principalmente no que tange ao seu perfil de polifenóis. Desta forma, a realização de análises de caracterização dos azeites de oliva produzidos no Rio Grande do Sul é de grande importância, pois assim há possibilidade de gerar maior ganho de mercado, devido ao destaque dado pela qualidade certificada através de análises recomendadas pela legislação brasileira. Além disso, ao realizar uma caracterização detalhada dos azeites gaúchos, pode-se dar um grande passo para uma futura certificação de origem dos produtos, diferenciando-os e aumentando a competitividade de mercado e vendas, pela qualidade reconhecida e comprovada. Em vista da problemática mencionada, o presente projeto visa detalhar a composição dos azeites de oliva produzidos no Rio Grande do Sul, agregando valor ao produto através do reconhecimento dos compostos presentes nestes e gerando uma identidade própria de cada produtor, que será o primeiro passo na busca pela certificação de origem. Além disso, cabe ressaltar que o equipamento a ser adquirido com recursos deste projeto poderá proporcionar uma interação continuada com os produtores, que terão à disposição uma ferramenta de análise para averiguação contínua da qualidade de seus produtos.
Resultados esperados
O presente projeto proporcionará garantia de qualidade do azeite de oliva, através de caracterização detalhada dos compostos presentes neste, dando um passo importante para a busca pela certificação de origem, contemplando especialmente a realização de análises de qualidade (composição, características físico-químicas e compostos bioativos) do azeite de oliva produzido no Estado do Rio Grande do Sul. Os resultados esperados a partir dessa abordagem estão listados a seguir, de acordo com a sua categoria. Resultados de inovação tecnológica: - Caracterização da qualidade dos azeites produzidos e comercializados no Rio Grande do Sul, com ênfase no seu potencial de compostos bioativos, resultando na identificação de características distintas destes azeites que permitam buscar a certificação de origem; Resultados de aprimoramento da cadeia industrial: - Criação de novas oportunidades de crescimento econômico e ampliação do setor de atuação para os produtores de azeite de oliva extravirgem do Rio Grande do Sul, através da valoração do seu produto; Resultados científico-acadêmicos: - Formação de alunos de iniciação científica, mestrado e doutorado, desenvolvendo habilidades e conhecimento crítico-científico na grande área do projeto; - Expansão de parcerias universidade-empresa no tema do projeto.
Projeto em âmbito confidencial
Não
Projeto superior
-
Palavra-chave 1
olivicultura
Palavra-chave 2
sustentabilidade
Palavra-chave 3
certificação de origem
Palavra-chave 4
azeite de oliva
Tipo de evento
Não se aplica
Carga horária do curso
[Não informado]
Situação
Em andamento
Avaliação
Sem pendências de avaliação
Última avaliação
25/11/2020
Gestão do conhecimento e gestão financeira
O projeto pode gerar conhecimento passível de proteção?
Não
Propriedade Intelectual
[Não informado]
Proteção Especial
[Não informado]
Direito Autoral - Copyright
Não
O projeto contrata uma fundação? Indique a fundação
FATEC - Fundação de apoio a tecnologia e a ciência
Classificações
Tipo
Classificação
Classificação CNPq
5.07.00.00-6 CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS
Caracterização das ações de extensão
05 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS
Áreas temáticas e linhas de extensão
05.02 Desenvolvimento Regional
Áreas temáticas (nova política de extensão/2008)
04 Desenvolvimento Regional
Linhas de extensão (nova política de extensão/2008)
16 Desenvolvimento regional
Objetivos Sustentáveis da ONU
02 Fome Zero e Agricultura Sustentável

Plano Gestão
Objetivo Estratégico
PDI 2016-2026 - Desafios
Desenvolvimento local, regional e nacional
Participantes
Matrícula Nome Função Carga Horária Período
@{matricula} @{pessoa.nomePessoa} @{funcao.descricao} @{cargaHoraria} h/semana @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Órgãos
Unidade Função Período
@{descricao} @{funcao.descricao} @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Cidades de atuação
Cidades
Cidade
UF
Período
Santa Maria
RS
01/12/2017 a 30/11/2022
Público alvo
Público alvo
150
Tipo de público
Sexo
Feminino
Masculino
Gênero
Feminino
Masculino
Faixa Etária
Adulto
Nível de Escolaridade
Analfabeto
Analfabeto funcional
Educação infantil (Creche - até 3 anos; Pré-Escola - 4 e 5 anos)
Ensino Fundamental
Ensino Médio
Ensino Superior
Superior Incompleto
Pós Graduação
Mestrado
Doutorado
Pós Doutorado
Estratificação Social
Baixa vulnerabilidade social
Sem vulnerabilidade social
Domicilio/ Residência
Rural
Urbana
Plano de Trabalho
Fontes
Órgão
Valor
Recursos próprios do projeto
R$ [Não informado]
Rendimentos financeiros
R$ [Não informado]
Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia
R$ 699.600,00
AGÊNCIA DE INOVAÇÃO E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA
R$ 35.000,00
Total
R$ 734,600.00
Despesas
 
Especificação
Descrição
Valor Unitário
Total
Passagens
Passagens e Despesas com Locomoção
Despesas de deslocamento de pesquisadores
R$ 292.90
R$ 2,929.00
Material de consumo
Nenhuma despesa cadastrada
Auxílio financeiro a estudantes
Nenhuma despesa cadastrada
Diária
Diárias - Pessoal Civil
Diárias para pesquisadores
R$ 177.00
R$ 4,071.00
Serviços de pessoa física
Nenhuma despesa cadastrada
Obras e instalações
Nenhuma despesa cadastrada
Equipamentos e materiais permanentes
APAR.,EQUIP.E UTENS.MED.ODONT, LABOR, HOSPIT
HPLC-MS triplo quadrupolo
R$ 699,600.00
R$ 699,600.00
Serviços de terceiros - pessoa jurídica
Taxas Aduaneiras
Despesas de importação do HPLC-MS triplo quadrupolo
R$ 28,000.00
R$ 28,000.00
Bolsa
Nenhuma despesa cadastrada
UFSM e Fundação
Nenhuma despesa cadastrada
Total
R$ 734,600.00
Pessoal Envolvido
Nenhum bolsista definido
Metas/Indicadores/Fases
  • Meta:
    1 - Aquisição de equipamentos
    Período:
    01/12/2017 a 31/05/2018
    Valor:
    R$ 727.600,00
    Conclusão:
    100 %
    • Fase:
      A - Fase 01
      Período:
      01/12/2017 a 31/05/2018
      Conclusão:
      100 %
  • Meta:
    2 - Elaborar os procedimentos operacionais (POP) e instruções de trabalho (IT) para a realização das análises físicas: índice de refração, umidade e material volátil.
    Período:
    01/03/2018 a 30/06/2018
    Valor:
    R$ 0,00
    Conclusão:
    100 %
  • Meta:
    3 - Elaborar os procedimentos operacionais (POP) e instruções de trabalho (IT) para a realização das análises químicas e nutricionais: índice de acidez, índice de peróxidos, perfil de ácidos graxos, perfil de compostos fenólicos, índice de saponificação...
    Período:
    01/03/2018 a 30/06/2018
    Valor:
    R$ 3.000,00
    Conclusão:
    100 %
  • Meta:
    4 - Criar o serviço de atendimento às empresas e produtores e divulgá-lo ao setor produtivo através de pelo menos 10 (dez) visitas técnicas, desenvolvimento de um site para o laboratório, na imprensa da região, entre outros.
    Período:
    01/12/2017 a 30/09/2018
    Valor:
    R$ 2.000,00
    Conclusão:
    100 %
  • Meta:
    5 - Elaborar um relatório diagnóstico para todas as propriedades visitadas, conforme Meta 4, e enviar o relatório para as respectivas empresas.
    Período:
    01/03/2018 a 30/11/2018
    Valor:
    R$ 1.500,00
    Conclusão:
    100 %
  • Meta:
    6 - Realizar pelo menos 01 (um) seminário de 4h (quatro horas) de duração, para no mínimo 15 (quinze) produtores e profissionais do setor produtivo da olivicultura divulgando o serviço, descrevendo a importância da caracterização do azeite de oliva...
    Período:
    01/07/2018 a 30/09/2018
    Valor:
    R$ 500,00
    Conclusão:
    100 %
  • Meta:
    7 - Realização de análises da composição físico-química e nutricional dos azeites de oliva dos produtores
    Período:
    01/12/2018 a 30/11/2022
    Valor:
    R$ 0,00
    Conclusão:
    10 %