Visualizar projeto

Dados Básicos
Título
Estúdio de Trompete
Número do projeto
045463
Número do processo
23081.007513/2017-41
Classificação principal
Extensão
Data inicial
06/03/2017
Data final
31/12/2021
Resumo
As atividades do Estúdio de Trompete da Universidade Federal de Santa Maria estão voltadas não somente para membros docentes e discentes do curso de música e outros cursos, mas também para membros da comunidade local. Os participantes possuem objetivos semelhantes em que através do desenvolvimento de técnicas e musicalidade são direcionados ao alcance do mais alto nível de performance e pedagogia do instrumento. O projeto de extensão do Estúdio de Trompete engloba três pontos característicos: a formação do jovem trompetista; o levantamento e preservação do repertório brasileiro para trompete; e a disseminação das obras para trompete. Através destas ações, o nosso objetivo é de promover o intercâmbio entre a universidade e a comunidade local, além de descobrir e lapidar jovens artistas/trompetistas e futuros alunos de graduação. I. Impacto quantitativo- O presente projeto pretende atingir diretamente cerca de 100 alunos do ensino fundamental e de bandas de músicas da região, além de indiretamente atingir seus familiares e sua comunidade. O projeto também atinge a comunidade acadêmica através da publicação dos resultados das ações. II. Impacto qualitativo- Evidenciar a importância da educação musical do jovem trompetista e os benefícios que ela pode trazer na formação do indivíduo e da sociedade.
Objetivos
Geral • Essa ação de extensão tem como objetivo os três: 1) atuar na formação do jovem trompetistas através de aulas individuais e coletivas do instrumento a fim de que se desenvolvam um fundamento técnico consistente e o contato com o repertório apropriado; 2) O levantamento do repertório brasileiro para trompete através de consultas aos acervos musicais das entidades de ensino da região e a preservação deste material através da edição das obras selecionadas em notação musical moderna, utilizando o software Finale 2017. 3) A disseminação das obras para trompete através da prática do repertório e os concertos do grupo de trompete da UFSM em escolas e organizações locais além dos recitais de artistas trompetistas convidados. Específicos I. Formação • Aulas Individuais: Seleção de seis (06) alunos dos órgãos participantes (um total de dois (02) alunos de cada orgãos) para aulas individuais de trompete. As aulas individuais são projetadas para construir a proficiência técnica, repertório e a consciência de vários problemas relacionados à performance do trompete e como resolvê-los. O objetivo destas aulas é de expor o aluno aos principais aspectos da performance do trompete e desenvolver uma abordagem fundamental apropriado para o instrumento. Uma vez por semana os alunos serão esperados de abordar as seguintes áreas: técnica, ritmo, sonoridade, articulação, e afinação. Outras áreas a serem abordadas incluem respiração, transposição, jazz e trechos orquestrais, leitura a primeira vista, e improvisação. Para garantir que as metas individuais específicas sejam cumpridas, cada aluno participá da elaboração de seu plano semestre de estudo. • Aulas Coletivas: 1) Uma vez por semana os alunos selecionados irão participar das aulas coletivas do grupo de trompete da UFSM. O objetivo dessas aulas é de expor o jovem trompetista ao ambiente de ensaio e ao repertório profissional tocado pelos alunos de graduação, afim de que desde cedo, o alunos desenvolva uma consciência profissional comum nos ambiendes da música de concerto. 2) Uma vez por mês, aulas coletivas ocorrerão nas sedes dos órgão participantes com todos os alunos de metais. As aulas coletivas são projetada para contribuir com o desenvolvimento técnico e musical dos grupos, além de reforçar o trabalho realizado pelos maestros/professores destes orgãos. II. Levantamento do Repertório Brasileiro para Trompete • Os alunos selecionados para as aulas individuais irão participar de forma educacional nas ações de levantamento do repertório realizados pelo coordenador e bolsista do projeto Estúdio de Trompete. O objetivo desta ação é de instigar à prática da pesquisa e importância da preservação do material Brasileiro levantado. III. Preservação • Os alunos selecionados para as aulas individuais irão participar de forma educacional das ações de edição do repertório levantado e selecionado usando o software Final 2017. O objetivo desta ação é de promover a inclusão e familiarização dos alunos com as modernais ferramentas tecnológicas de preservação de obras musicais. IV. Concertos • O grupo Estúdio de Trompete irá apresentar dois recitais didáticos de 40 minutos em cada um dos órgãos participantes. O objetivo desta ação é de promover a disseminação e performance da música para trompete entre os vários alunos e funcionários dos órgãos participantes, além de promover a prática da performance artística entre os membros do grupo de trompete. V. Artista Convidado • Um artístas/trompetetista nacional ou internacional profissional será convidado para dois dias de residência no Estúdio de Trompete do Departamento de Música da UFSM. O objetivo desta ação é de promover o intercâmbio entre o Estúdio e artistas atuantes além a troca de novas informação relacionadas à pedagogia e performance do trompete.
Justificativa
A realização extensionista do Estúdio de Trompete da UFSM justifica-se pela carência da orientação pedagógica sistemática dirigida ao trompetista iniciante ou semi profissional na região de Santa Maria. Da mesma forma, justifica-se pela importância do levantamento e preservação da história e das músicas escritas para o instrumento no Brasil. Assim, o Estúdio de Trompete é o núcleo dentro da UFSM que visa este tipo de assessoria e orientação no nível de extensão. O Estúdio de Trompete foi fundado em 1980 após a contratação do Prof. Lothar Brenner, instrutor de trompete do Departamento de Música da UFSM. Em 1990, após a aposentadoria do Prof. Brenner, o Prof. Enio Guerra assumiu a coordenação do Estúdio em 1993, e após 16 anos à frente do Estúdio foi substituído pelo Prof. Clayton Miranda que tomou posse em 30 de setembro de 2016 assumindo atualmente a coordenação do Estúdio. Desde a sua fundação, o Estúdio de Trompete se orgulha de ser o único do Estado do Rio Grande do Sul. Nossos alunos têm ocupado posições de prestígio no cenário nacional e internacional, tanto profissional quanto acadêmico. O estudante poderá desenvolver seu potencial artístico e acadêmico através de aulas coletivas, performances em grupos e aprendizado experimental. O estudante de trompete amadurece em um ambiente onde se prioriza a busca por excelência, criatividade, comunidade e desenvolvimento pessoal. Dentre as matérias específicas do curso de bacharelado em trompete, destacam-se as aulas individuais, a pedagogia do trompete, literatura do trompete, história do trompete, fabricação e manutenção de trompetes, estudos de orquestra para trompete, grupo de trompete, orquestra de sopros, orquestra sinfônica, música de câmara, recitais, além das matérias obrigatórias do curso de música. Os alunos de extensão podem participar das aulas individuais e de grupo de trompete.
Resultados esperados
Os resultados esperados referem-se diretamente ao público-alvo, ou seja, promover e difundir o conhecimento primário do trompete nos órgãos participantes desta ação. Também, o levantamento e a preservação do repertório nacional para o instrumento.
Projeto em âmbito confidencial
Não
Projeto superior
-
Palavra-chave 1
Estudio de Trompete
Palavra-chave 2
Grupo de Trompete
Palavra-chave 3
Pedagogia do Trompete
Palavra-chave 4
Historia do trompete
Tipo de evento
Não se aplica
Carga horária do curso
[Não informado]
Situação
Em andamento
Avaliação
Não avaliado
Última avaliação
09/03/2020
Gestão do conhecimento e gestão financeira
O projeto pode gerar conhecimento passível de proteção?
Não
Propriedade Intelectual
[Não informado]
Proteção Especial
[Não informado]
Direito Autoral - Copyright
Não
O projeto contrata uma fundação? Indique a fundação
Não necessita contratar fundação
Classificações
Tipo
Classificação
Classificação CNPq
8.03.03.02-1 INSTRUMENTAÇÃO MUSICAL
Caracterização das ações de extensão
02 PROJETO DE EXTENSÃO
Áreas temáticas e linhas de extensão
02.05 Música
Áreas temáticas (nova política de extensão/2008)
01 Artes e Letras
Linhas de extensão (nova política de extensão/2008)
26 Educação musical
Objetivos Sustentáveis da ONU
04 Educação de Qualidade

Plano Gestão
Objetivo Estratégico
PDI 2016-2026 - Desafios
Educação inovadora e transformadora com excelência acadêmica
Participantes
Matrícula Nome Função Carga Horária Período
@{matricula} @{pessoa.nomePessoa} @{funcao.descricao} @{cargaHoraria} h/semana @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Órgãos
Unidade Função Período
@{descricao} @{funcao.descricao} @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Cidades de atuação
Cidades
Cidade
UF
Período
Santa Maria
RS
06/03/2017 a 06/11/2017
Público alvo
Público alvo
100
Tipo de público
Sexo
Feminino
Masculino
Gênero
Feminino
Masculino
Faixa Etária
Adulto
Criança
Adolescente
Idoso
Nível de Escolaridade
Ensino Fundamental
Ensino Médio
Ensino Superior
Estratificação Social
Sem vulnerabilidade social
Domicilio/ Residência
Urbana
Plano de Trabalho
Metas/Indicadores/Fases
  • Meta:
    Educacao Musical
    Período:
    06/03/2017 a 06/11/2017
    Valor:
    R$ [Não informado]
    Conclusão:
    20 %
  • Meta:
    Fórum e Seminário Sobre Pedagogia e Performance do Trompete
    Período:
    06/03/2020 a 31/12/2021
    Valor:
    R$ [Não informado]
    Conclusão:
    0 %