Visualizar projeto

Dados Básicos
Título
Aspectos psíquicos de crianças que gaguejam
Número do projeto
042143
Número do processo
042143
Classificação principal
Pesquisa
Data inicial
19/01/2016
Data final
19/08/2019
Resumo
Apesar da gagueira ser uma patologia da fala muito conhecida e muito estudada, ainda não existem estudos que se aprofundem na análise das questões psíquicas envolvidas nessa patologia. Acredita-se que a Psicologia, área que trabalha com questões psíquicas do sujeito, pode auxiliar quanto às causas subjetivas e à novas propostas de tratamento. O objetivo da pesquisa é analisar os aspectos psíquicos de crianças que gaguejam e como estes se refletem na interlocução com aqueles que desempenham as funções parentais. Será utilizada uma metodologia qualitativa, a partir da análise de conteúdo. Participarão da pesquisa crianças de ambos os sexos, diagnosticadas com gagueira no Serviço de Atendimento Fonoaudiológico (SAF) da Universidade Federal de Santa Maria - RS, com idade entre 2 e 8 anos; seus responsáveis e quatro juízes mestres e/ou doutores, dois com formação em Fonoaudiologia (um com ênfase na linha teórica psicanalítica e outro não) e dois com formação em Psicologia (um com ênfase na linha teórica psicanalítica e outro não). Para a coleta de dados, os instrumentos utilizados serão os prontuários dos pacientes e/ou triagem fonoaudiológica; uma entrevista semiestruturada com os pais; os livros infantis utilizados em uma situação de brincadeira com as crianças e um desenho produzido pelas crianças, simulando uma situação de diálogo delas com uma pessoa. Os dados serão generalizados e agrupados em categorias temáticas que estarão relacionadas às questões psíquicas e a gagueira tendo a contribuição dos juízes, a visão da criança sobre a própria gagueira, bem como a significação parental destinada tanto à criança quanto à patologia. Com os resultados obtidos através deste estudo, espera-se beneficiar os pacientes com gagueira através de um maior entendimento sobre suas implicações psíquicas e o quanto a patologia está relacionada com questões provenientes do discurso parental. Além disso, busca-se contribuir para a evolução da pesquisa na área da terapia da linguagem.
Observação
[Não informado]
Projeto em âmbito confidencial
Não
Projeto superior
-
Palavra-chave 1
Gagueira
Palavra-chave 2
Sintomas psíquicos
Palavra-chave 3
Literatura infantil
Palavra-chave 4
Relações familiares
Tipo de evento
Não se aplica
Carga horária do curso
[Não informado]
Situação
Concluído/Publicado
Avaliação
Sem pendências de avaliação
Última avaliação
11/09/2019
Gestão do conhecimento e gestão financeira
O projeto pode gerar conhecimento passível de proteção?
Não
Propriedade Intelectual
[Não informado]
Proteção Especial
[Não informado]
Direito Autoral - Copyright
Não
O projeto contrata uma fundação? Indique a fundação
Não necessita contratar fundação
Classificações
Tipo
Classificação
Classificação CNPq
4.00.00.00-1 CIÊNCIAS DA SAÚDE
Linha de pesquisa
02.00.00 SAUDE
Quanto ao tipo de projeto de pesquisa
2.04 Projeto de Tese

Nenhum objetivo estratégico indicado
Participantes
Matrícula Nome Função Carga Horária Período
@{matricula} @{pessoa.nomePessoa} @{funcao.descricao} @{cargaHoraria} h/semana @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Órgãos
Unidade Função Período
@{descricao} @{funcao.descricao} @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Cidades de atuação
Cidades
Cidade
UF
Período
Santa Maria
RS
19/01/2016 a 19/08/2019
Plano de Trabalho
Metas/Indicadores/Fases
  • Meta:
    M1 - Qualificação
    Período:
    19/01/2016 a 10/04/2018
    Valor:
    R$ [Não informado]
    Conclusão:
    100 %
  • Meta:
    M2 - Conclusão da tese com publicação de três artigos científicos.
    Período:
    30/03/2018 a 19/08/2019
    Valor:
    R$ [Não informado]
    Conclusão:
    100 %