Visualizar projeto

Dados Básicos
Título
ESTABILIDADE OXIDATIVA DE FILÉS DE JUNDIÁS (Rhamdia quelen) ALIMENTADOS COM ÓLEOS DE FRUTOS DA AMAZÔNIA
Número do projeto
036055
Número do processo
036055
Classificação principal
Pesquisa
Data inicial
02/12/2013
Data final
31/12/2015
Resumo
A presença de ácidos graxos de cadeia insaturada na carne de peixes é benéfica à qualidade nutricional deste alimento, contudo as insaturações são bastante suscetíveis a oxidação lipídica e proteica. Sendo assim, ocorre a formação de compostos indesejáveis nas reações de oxidação, como aldeídos e cetonas, influenciando negativamente a qualidade da carne de pescado. Os óleos de frutos da Amazônia são ricos em ácidos graxos de cadeia insaturada, além de possuir altos índices de compostos antioxidantes, como os tocoferóis, podendo ser bom nutriente para a dieta de peixes, como jundiá, espécie onívora, a qual se adapta a dietas artificiais. O objetivo deste trabalho é avaliar indicadores de oxidação lipídica e proteica de filés de jundiás alimentados com mistura de óleos de frutos da Amazônia (buriti e murumuru) in natura e tratados enzimaticamente (interesterificação enzimática). O efeito da adição destes óleos na dieta será comparado ao do óleo de soja. Os jundiás (peso corporal inicial de 200g) serão alimentados com três dietas (dieta padrão formulada com óleo de soja, com mistura de óleo de buriti e murumuru e dieta com mistura de óleo de buriti e murumuru interesterificada) pelo período de 60 dias em circuito de recirculação de água. Após o ensaio biológico, os jundiás serão abatidos e será avaliada a vida útil durante 18 meses de armazenagem a -20oC, através de indicadores de hidrólise de lipídios (ácidos graxos livres) e das reações de oxidação protéica (carbonilação de proteínas e grupos tióis totais) e lipídica (substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico e dienos conjugados). Logo após o abate, será realizada uma análise sensorial (teste de ordenação de preferência) dos filés cozidos e serão avaliados os compostos voláteis que conferem o odor aos filés cozidos (cromatografia gasosa com detector de massas). Serão também avaliados a cor objetiva (colorímetro Minolta) e a textura dos filés (texturômetro). Os resultados deste estudo contribuirão para identificar o potencial de uso de óleos de frutos da Amazônia na nutrição de peixes e seus reflexos na qualidade do pescado.
Observação
[Não informado]
Projeto em âmbito confidencial
Não
Projeto superior
035238 - Compostos bioativos e qualidade de alimentos
Palavra-chave 1
buriti
Palavra-chave 2
murumuru
Palavra-chave 3
interesterificação enzimá
Palavra-chave 4
oxidação lipídica
Tipo de evento
Não se aplica
Carga horária do curso
[Não informado]
Situação
Concluído/Publicado
Avaliação
Sem pendências de avaliação
Última avaliação
20/01/2016
Gestão do conhecimento e gestão financeira
O projeto pode gerar conhecimento passível de proteção?
Não
Propriedade Intelectual
[Não informado]
Proteção Especial
[Não informado]
Direito Autoral - Copyright
Não
O projeto contrata uma fundação? Indique a fundação
Não necessita contratar fundação
Classificações
Tipo
Classificação
Classificação CNPq
5.07.00.00-6 CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS
Grupo do CNPq
191 TOXICIDADE E RESÍDUOS TÓXICOS EM ALIMENTOS
Linha de pesquisa
00.02.07.02 CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE CARNES E DERIVADOS
Quanto ao tipo de projeto de pesquisa
2.03 Projeto de Dissertação

Nenhum objetivo estratégico indicado
Participantes
Matrícula Nome Função Carga Horária Período
@{matricula} @{pessoa.nomePessoa} @{funcao.descricao} @{cargaHoraria} h/semana @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Órgãos
Unidade Função Período
@{descricao} @{funcao.descricao} @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Cidades de atuação
Cidades
Cidade
UF
Período
Campinas
SP
02/12/2013 a 31/12/2015
Santa Maria
RS
02/12/2013 a 31/12/2015
Plano de Trabalho
Metas/Indicadores/Fases