Visualizar projeto

Dados Básicos
Título
Caracterização do volume sonoro de música e conteúdo de TV através de modelos físicos e psicoacústicos
Número do projeto
031645
Número do processo
031645
Classificação principal
Pesquisa
Data inicial
16/03/2012
Data final
31/12/2013
Resumo
Em 15/03/2011 a 10ª Vara Cível Federal em São Paulo ajuizou em última instância uma ação civil pública para que a União através de Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e Ministério de Comunicações regulamente a lei que proíbe as emissoras de televisão de aumentar o volume nos intervalos comerciais. Os laudos recebidos pelo MPF e utilizados pela juíza constataram ``diferenças de níveis sonoros de até 5 dB'' entre o sinal de áudio da programação normal e o dos comerciais. Porém, nada sabe a respeito da grandeza que quantifa corretamente a sensação de volume sonoro ou o aumento desta sensação. Por isso, as TVs negaram, com toda razão, ou alegaram o não cumprimento da Lei nº 10.222/01 em razão da sua não regulamentação, bem como a Anatel também não ficaliza em razão da não regulamentação da lei. A lei simplesmente não definiu nenhuma grandeza a ser utilizada para quantificar a sensação de volume sonoro de material de áudio, impossibilitando assim a definição do que seria aumento do volume sonoro. O fato de se ter constatado ``5 dB de diferença'' é pouco conclusivo quando se procura estabelecer uma relação entre uma sensação sonoroa e uma grandeza física, a amplitude do sinal. O presente projeto procura estudar quais grandezas físicas ou psicoacústicas dos sinais de aúdio possam servir para quantificar a sensação de volume sonoro e a sensação de aumento significativo de volume sonoro, partindo de estudos em outras áreas da acústica que indicam que uma medida logarítmica simples como o RMS não é adequada para quantificar a sensação de volume sonoro e mesmo a medida adotada pela ITU BS.1770 e recomendada pela juíza tem os seus conhecidos, e muito discutidos, defeitos.
Observação
[Não informado]
Projeto em âmbito confidencial
Não
Projeto superior
-
Palavra-chave 1
loudness
Palavra-chave 2
acústica
Palavra-chave 3
TV
Palavra-chave 4
[Não informado]
Tipo de evento
Não se aplica
Carga horária do curso
[Não informado]
Situação
Renovado
Avaliação
Não avaliado
Última avaliação
12/12/2013
Gestão do conhecimento e gestão financeira
O projeto pode gerar conhecimento passível de proteção?
Não
Propriedade Intelectual
[Não informado]
Proteção Especial
[Não informado]
Direito Autoral - Copyright
Não
O projeto contrata uma fundação? Indique a fundação
Não necessita contratar fundação
Classificações
Tipo
Classificação
Classificação CNPq
3.04.06.03-0 SISTEMAS DE TELECOMUNICAÇÕES
Grupo do CNPq
497 Grupo de Pesquisa em Acústica e Vibrações
Linha de pesquisa
84.04.02 ACÚSTICA
Quanto ao tipo de projeto de pesquisa
2.01 Projeto de Pesquisa Pura

Nenhum objetivo estratégico indicado
Participantes
Matrícula Nome Função Carga Horária Período
@{matricula} @{pessoa.nomePessoa} @{funcao.descricao} @{cargaHoraria} h/semana @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Órgãos
Unidade Função Período
@{descricao} @{funcao.descricao} @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Cidades de atuação
Cidades
Cidade
UF
Período
Santa Maria
RS
16/03/2012 a 31/12/2013
Plano de Trabalho
Metas/Indicadores/Fases
  • Meta:
    M-1 - Meta principal do projeto
    Período:
    16/03/2012 a 31/12/2013
    Valor:
    R$ [Não informado]
    Conclusão:
    0 %