Visualizar projeto

Dados Básicos
Título
QUALIDADE DE SOBRECOXAS DE FRANGO SUBMETIDAS A DIFERENTES DOSES DE RADIAÇÃO UV-C
Número do projeto
030675
Número do processo
030675
Classificação principal
Pesquisa
Data inicial
01/05/2011
Data final
28/02/2013
Resumo
A indústria alimentícia é altamente competitiva e os fabricantes tentam continuamente aumentar seu mercado. Para que isto ocorra, a indústria deve assegurar que os seus produtos sejam de alta qualidade, de baixo custo, e que sejam seguros e nutritivos. A qualidade na produção de carne de aves começa a partir da fase de criação, envolvendo dados de procedência, cuidados sanitários, características e condições dos meios de transporte e, ainda, particularidades de ordem zootécnicas, envolvendo a alimentação e manejo recebido. Cabe ressaltar que a qualidade microbiológica da carne é uma das características mais importantes a serem controladas durante a fase de abate e as fases de manipulação. Contudo, parâmetros como oxidações lipídica e proteica, bem como mudanças no pH e cor da carne devem ser avaliados, uma vez que são indesejáveis dos pontos de vista funcional e de aceitação pelo consumidor. Dentre os métodos empregados para assegurar a qualidade microbiológica da carne, a radiação ultravioleta (UV) apresenta algumas vantagens em relação aos demais métodos sanitizantes existentes, pois evita a utilização de produtos químicos e apresenta custo relativamente baixo. A radiação ultravioleta com comprimento de onda de 254 nm apresenta propriedades germicidas e está no intervalo conhecido como UV-C (100-280 nm). Os principais objetivos do projeto são avaliar a ação da radiação UV-C no número de micro-organismos e estudar suas influências sobre os constituintes (ácidos graxos, lipídeos, proteínas) e propriedades (cor, pH) da sobrecoxa de frango. As amostras serão submetidas à radiação ultravioleta de comprimento de onda de 254 nm e potência de 30 W, dentro de uma câmara, em diferentes temperaturas (5 °C e 20 ºC) e tempos de exposição (1, 4 e 7 minutos) e serão armazenadas sob refrigeração a 5 °C. As análises microbiológicas (bactérias mesófilas aeróbias, micro-organismos psicrófilos e bolores e leveduras), físico-químicas (pH, cor, oxidação lipídica, oxidação proteica, perfil de ácidos graxos) serão realizadas nos dias 0, 3º, 6°, 9° e 12° de armazenamento.
Observação
[Não informado]
Projeto em âmbito confidencial
Não
Projeto superior
-
Palavra-chave 1
Radiação ultravioleta
Palavra-chave 2
carne de frango
Palavra-chave 3
oxidação lipídica
Palavra-chave 4
oxidação proteica
Tipo de evento
Não se aplica
Carga horária do curso
[Não informado]
Situação
Concluído/Publicado
Avaliação
Sem pendências de avaliação
Última avaliação
04/12/2012
Gestão do conhecimento e gestão financeira
O projeto pode gerar conhecimento passível de proteção?
Não
Propriedade Intelectual
[Não informado]
Proteção Especial
[Não informado]
Direito Autoral - Copyright
Não
O projeto contrata uma fundação? Indique a fundação
Não necessita contratar fundação
Classificações
Tipo
Classificação
Linha de pesquisa
00.02.07.02 CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE CARNES E DERIVADOS
Quanto ao tipo de projeto de pesquisa
2.03 Projeto de Dissertação

Nenhum objetivo estratégico indicado
Participantes
Matrícula Nome Função Carga Horária Período
@{matricula} @{pessoa.nomePessoa} @{funcao.descricao} @{cargaHoraria} h/semana @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Órgãos
Unidade Função Período
@{descricao} @{funcao.descricao} @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Cidades de atuação
Cidades
Cidade
UF
Período
Santa Maria
RS
01/05/2011 a 28/02/2013
Plano de Trabalho
Metas/Indicadores/Fases