Visualizar projeto

Dados Básicos
Título
Estudo da produtividade da Acacia mearnsii De Wild. (Acácia-negra) sob diferentes espaçamentos na Serra do Sudeste (Escudo Rio-Grandense)
Número do projeto
022452
Número do processo
022452
Classificação principal
Pesquisa
Data inicial
01/05/2008
Data final
31/12/2008
Resumo
A Acácia-negra (Acacia mearnsii De Wild.), constitui-se na segunda principal essência florestal plantada no Rio Grande do Sul, perdendo apenas para o Eucalipto. A cultura dessa espécie é de fundamental importância para as indústrias de tanino, chapas e celulose no Estado, frente aos bons resultados econômicos advindos da exploração da mesma, pois a casca é vendida para a extração de taninos e a madeira é comercializada para conversão em celulose, chapas e energia. A Acácia-negra tem sido considerada como uma das principais alternativas de plantio na área agrícola do Estado, pois, a Acácia-negra é uma espécie leguminosa de múltiplos propósitos, tais como restauração de ambientes degradados, fixação de nitrogênio, aproveitamento da madeira como fonte energética, na fabricação de celulose e papel, rayon e aglomerado, e do tanino, extraído da casca, que é utilizado na indústria farmacêutica e coureira (curtimento de couros e peles), na produção de agentes anticorrosivos e no tratamento de águas. No Brasil, ela vem sendo cultivada, principalmente, com a finalidade de produção de tanino e energia. Assim, a busca constante de altas produtividades nos povoamentos florestais, está diretamente relacionada com a qualidade das mudas produzidas. Por isso, muitas pesquisas vêm sendo realizadas com o intuito de melhorar a qualidade das mudas e reduzir os custos de produção. Para Fonseca et al. (2002), um dos principais problemas encontrados pelos produtores de mudas de espécies florestais é determinar quais fatores, durante a fase de viveiro, alteram a sobrevivência e o desenvolvimento inicial das mudas no campo e quais as características da planta que melhor se relacionam com estas variáveis. Os atributos das mudas, necessários para a obtenção do sucesso do plantio no campo, têm recebido a denominação de "qualidade das mudas". Segundo Carneiro (1995), o padrão de qualidade das mudas é variável entre espécies e para uma mesma espécie, entre sítios. Por isso, o objetivo é atingir uma qualidade em que as mudas apresentem características que possam oferecer resistência às condições adversas que poderão ocorrer posteriormente, mesmo tendo sido o plantio efetuado em período de condições favoráveis. Assim, o presente projeto tem por objetivo avaliar a produtividade da Acacia mearnsii De Wild. (Acácia-negra) sob diferentes espaçamentos.
Observação
[Não informado]
Projeto em âmbito confidencial
Não
Projeto superior
-
Palavra-chave 1
[Não informado]
Palavra-chave 2
[Não informado]
Palavra-chave 3
[Não informado]
Palavra-chave 4
[Não informado]
Tipo de evento
Não se aplica
Carga horária do curso
[Não informado]
Situação
Concluído/Publicado
Avaliação
Sem pendências de avaliação
Última avaliação
05/02/2009
Gestão do conhecimento e gestão financeira
O projeto pode gerar conhecimento passível de proteção?
Não
Propriedade Intelectual
[Não informado]
Proteção Especial
[Não informado]
Direito Autoral - Copyright
Não
O projeto contrata uma fundação? Indique a fundação
Não necessita contratar fundação
Classificações
Tipo
Classificação
Classificação CNPq
1.00.00.00 CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA
Linha de pesquisa
00.03.04.01 ANÁLISE ESTATÍSTICA DE DADOS
Quanto ao tipo de projeto de pesquisa
2.06 Projeto de Pesquisa e Extensão

Nenhum objetivo estratégico indicado
Participantes
Matrícula Nome Função Carga Horária Período
@{matricula} @{pessoa.nomePessoa} @{funcao.descricao} @{cargaHoraria} h/semana @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Órgãos
Unidade Função Período
@{descricao} @{funcao.descricao} @{dataInicial|format=dd/MM/yyyy} a @{dataFinal|format=dd/MM/yyyy}
Plano de Trabalho
Metas/Indicadores/Fases